quarta-feira, 27 de junho de 2012

Um brinde à falsidade....


Um brinde à falsidade....
Um brinde àquelas pessoas que te cumprimentam com dois beijinhos, mas esperam virares as costas para falar mal de ti...
Um brinde àquela que diz que teu cabelo está lindo hoje, e na tua ausência diz que está um horror....
Um brinde a quem entrou na tua vida e saiu sem dar explicações.
Um brinde a quem só te criticou, e no fim acabou por fazer o mesmo.
Um brinde aos falsos amigos que não sabem guardar teus segredos.
E por fim, um brinde a nós que depois de termos passado por isso tudo, CONTINUAMOS VIVOS, FELIZES E SORRIDENTES!!
Pai Nosso, que estás nos céus, na luz dos sóis infinitos; Pai de todos os aflitos deste mundo de escarcéus; Santificado, Senhor, Seja o teu nome sublime; Que em todo o Unvierso exprime;
Concórdia, ternura e amor. Venha ao nosso coração; O teu reino de bondade; De paz e de caridade; Na estrada da redenção; Cumpra-se teu mandamento; Que não vacila nem erra, nos Céus, como em toda terra; De luta e d...e sofrimento. Evita-nos todo o mal; Dá-nos o pão do caminho; Feito da luz, no carinho; Do pão espiritual; Perdoa-nos, meu Senhor; Os débitos tenebrosos; De passados escabrosos; De iniquidade e de dor. Auxilia-nos também; Nos sentimentos cristãos; A amar nossos irmãos; Que vivem longe do bem. Com a proteção de Jesus; Livra a nossa alma do erro; Sobre o mundo de desterro; Distante de vossa luz. Que vossa ideal igreja; Seja o altar da Caridade; Onde se faça a vontade; De vosso amor... Assim seja,
Amém.
OBRIGADO SENHOR
Por meus braços perfeitos,
quando há tantos mutilados;
Por meus olhos perfeitos,
... quando há tantos sem luz;
Por minha voz que canta,
quando tantas emudecem;
Por minhas mãos que trabalham,
quando tantas mendigam.
É maravilhoso Senhor:
Ter um lar para voltar,
quando há tantos que não têm para onde ir;
Sorrir, quando há tantos que choram;
Amar, quando há tantos que odeiam;
Sonhar, quando há tantos que têm pesadelos;
Viver, quando há tantos que morrem antes de nascer...
E, sobretudo,
ter tão pouco a pedir,
e tanto a agradecer
AMÉM!!
  1. Nem da sutil necessidade de ditar
    Forma qualquer de ser e conhecer
    Ou adivinhar o que virá

    Mas sou do silên Foto: CERTI PENSIERI SONO DELLE PREGHIERE.
CI SONO MOMENTI IN CUI,
QUALUNQUE SIA L’ATTEGGIAMENTO DEL CORPO,
L’ANIMA E’ IN GINOCCHIO.

Victor Hugocio profundo
    Do riacho   que manso fez em mim a erosão
    De lutar por chegar
    De ver o trem Partir
    Sem saber
    Que ele iria voltar...

    Agora recolho tudo que mesmo tentando velar
    Foi decerto exposto
    Agora quase sem gosto
    Nesse tempo de sentir, tempo e gesto
    Furto e Fluxo desconexo
    Já não sei calar nem dizer
    Só sei dizer não dizendo
    Só sei não dizer, dizendo

    Coisas minhas, talvez
    Sorte de quem se fica
    Olha o tempo
    Janela aberta para um céu nublado
    Certamente chorar um tanto
    Certamente rir outro tanto
    Viver...o possível de ser vivido.

    Feliz Natal!!!!!!....Helen Caroline

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário